HORTA COMUNITÁRIA

DE SANTA LUZIA

Vila Santa Luzia, Torre, Recife - PE

agosto 2018 - março 2019

        O projeto da Horta Comunitária na Vila de Santa Luzia nasce em 2018, em uma parceria do Massapê com o CEPAS (Centro de Ensino Popular e Assistência Social do Estado de Pernambuco Santa Paula Frassinetti), uma ONG da vila, a partir do financiamento do Fundo Socioambiental Casa. Em um contexto de intensa urbanização, alto fluxo de automóveis e ausência de áreas livres, entendemos que as hortas urbanas oferecem um lugarzinho de bem-estar social e contato com a natureza, o qual estimula as práticas de agricultura orgânica, além de promover o exercício da cidadania e das práticas pedagógicas. Assim as hortas funcionam como espaços-modelo em ecoeficiência de recursos e sustentabilidade urbana, possibilitando uma cidade com múltiplos usos.

      A cidade do Recife é cortada pelo Rio Capibaribe. À sua margem, encontra-se a vila de Santa Luzia, predominantemente composta por habitantes de baixa renda e circundada por ocupações de classe média do bairro da Torre. Lá conhecemos Claudemir, morador da Vila e um personagem importante em todo processo de implantação da horta comunitária. Marceneiro, Claudemir começou há 12 anos a ocupar o trecho da área ribeirinha em frente à casa onde mora. Ocupou o espaço, primeiramente, com uma biblioteca, depois com um parque infantil, e hoje, a área se tornou um grande espaço de convivência e lazer para a comunidade, chamada por eles de Rioteca.

       A escolha do lugar para a horta não foi por acaso! Muitos moradores das redondezas já mantinham uma pequena hortinha no quintal ou até dentro de casa. Assim, a ideia de uma horta comunitária veio com o objetivo de proporcionar um espaço de troca dessas experiências, e também de lazer e contemplação de uma paisagem tão rica às margens do Capibaribe.

       

        O início do processo se deu com os momentos de conversa e diagnóstico coletivo com os moradores. Foram realizadas rodas de conversa e questionários para entender melhor sobre as relações dos moradores com o espaço. A segunda etapa foi colocar a mão na massa! Ao longo de 5 mutirões de trabalho pesado, foram construídas junto aos moradores: uma estrutura de berçário de mudas, uma composteira, um deck de madeira, uma cerca em volta da horta e os canteiros de plantio. Durante os mutirões, realizamos oficinas com as crianças a fim de explorar o caráter pedagógico da horta. Assim, protagonistas em todo o processo, elas também tiveram a oportunidade de aprender e ter contato com todo o ciclo das plantas. Com a horta construída, chegou o momento de celebrar todo o trabalho que foi feito e o resultado que conseguimos alcançar juntos. Na inauguração da Horta Comunitária de Santa Luzia teve oficinas, feirinha, apresentações de artistas locais e até bingo com premiação e tudo! A comunidade estava em festa! Como o processo é contínuo e também educacional, na fase final de gestão e avaliação do projeto foram realizadas oficinas de manejo e manutenção da horta, uso de medicamentos fitoterápicos e fabricação de hortas caseiras.

Confere aqui embaixo as fotos de tudo isso :)

Coletivo Massapê | Recife - PE - Brasil

  • Facebook
  • Instagram
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now